menu

quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Saul Aaron Kripke 1940 – Atual

Um dos maiores filósofos vivos da atualidade, Kripke construiu uma reputação internacional envolvendo a lógica modal, a questão polêmica do ser, e a natureza da verdade. Aos 17 anos escreveu seu primeiro teorema da completude em lógica modal. Publicou seus primeiros trabalhos sobre lógica aos 19 anos, certamente, um jovem prodígio. tornando-se um bolsista pesquisador de Harvard. Mais tarde, transformou-se em professor da Universidade Rockefeller e depois da Universidade Princeton, onde lecionou até a aposentadoria.
kripkepic
Kripke foi pioneiro de uma nova abordagem sobre metafísica, uma abordagem revolucionária para muitos estudiosos. Ele propôs a substituição do descritivismo – a ideia de que um nome é aplicado a um objeto por causa da associação desse nome à descrição desse objeto – por uma nova teoria, a que chamou de “referência direta”. Essa estipula que qualquer nome é simplesmente um rótulo ou etiqueta afixada visando ao destinatário.
Kripke depois propôs uma nova teoria da verdade, baseada na ideia de que é possível criar enunciados que contêm seu próprio “predicado de verdade”, isto é, um enunciado com uma construção que não dá origem a um paradoxo.
Atualmente, Kripke é um dos filósofos mais respeitados do mundo, figura central de diversos campos da lógica. Sua contribuição é de suma importância para a filosofia analítica contemporânea.
► Metaética
→ Fonte e referência bibliográfica.
• Considerações semânticas sobre lógica modal – Saul Aaron Kripke.
• GRAÇA, Maria Adriana S. S. Referência e Denotação. Um Ensaio acerca do Sentido e da Referência de Nomes e Descrições, Lisboa, F.C. Gulbenkian, 2003.